Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘amor’

Uma linda canção luterana que nos leva a refletir sobre a evangelização. Não posso me furtar de pensar nos neopentecostais, que sofrem em madrugadas insones em vigílias e choros, buscando esperança em programas de TV e de rádio que ensinam mentiras, extorquem dinheiro e lhes roubam a esperança em nome de uma fé que mais tarde se revelará falsa e mentirosa. Vamos deixá-los na angústia e no sofrimento do engano neopentecostal? Vamos omitir a Luz de Jesus dessas vidas? Pois é, eu também não..

“Perdido na noite, o pecador fica ainda a definhar,
Pensando na manhã que vencerá a escuridão,
Um suspiro melancólico cheio de angústia:
O Cristo está chegando! Cristo está vindo em breve!

Brilha a Luz sobre a terra de todos os pecadores;
Rios de vida através destes desertos estão fluindo,
Milhões ainda almejar o Salvador redentor.
Cristo está vindo em breve! Cristo está vindo em breve!

Eles (os perdidos) em vão aguardarão o dia de amanhã?
Vamos esconder a Luz e negar o conforto?
Não daremos ouvidos aos seus lamentos de tristeza?
Ó, não virá logo o dia? Não virá logo o dia?

Não virá logo o dia? Não virá logo o dia?
Ele está chegando. Ele está chegando.”

Anúncios

Read Full Post »

 
Extraído de: O Tempora! O Mores!
 
 
Em sua recente entrevista à revista VEJA, Rob Bell usou a declaração bíblica “Deus é amor” como argumento para embasar sua expectativa de que ao final todos os seres humanos serão salvos.

Não quero aqui repetir as observações que fiz à tal entrevista em post anterior. Vou me concentrar apenas numa análise crítica do uso desta frase “Deus é amor” por Rob Bell e seus seguidores.

Vou começar lembrando que antes de Rob Bell outros já usaram esta expressão bíblica (1Jo 4.8 e 16) para defender ideias estranhas. Cito particularmente os defensores do teísmo aberto ou da teologia relacional. Para eles, o atributo mais importante de Deus é o amor. Todos os demais estão subordinados a este. Richard Rice, um proponente do teísmo aberto, em seu artigo “Biblical Support for a New Perspective” [“Base Bíblia para uma Nova Perspectiva”] publicado num livro de teístas abertos cita um leque eclético de neo-ortodoxos e liberais, tais como Heschel, Barth, Brunner, Kasper e Pannenberg para apoiá-lo na afirmação que o amor “é mais importante que todos os outros atributos de Deus”, até mesmo “mais fundamental… O amor é a essência da realidade divina, a fonte básica da qual se originam todos os atributos de Deus.” 

Com base neste conceito da predominância do amor, eles negam que Deus conheça o futuro, pois seu amor o impede de limitar a liberdade de suas criaturas de qualquer modo ou maneira. Deus é amor, e isto significa que ele é sensível para com suas criaturas e que constrói o futuro junto com as decisões delas. O futuro, portanto, é sempre aberto e indeterminado. Nem Deus o conhece, pois em nome do amor abriu mão da sua onisciência. (mais…)

Read Full Post »

image

Finalmente, irmãos, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus, que assim como recebestes de nós, de que maneira convém andar e agradar a Deus, assim andai, para que possais progredir cada vez mais. Porque vós bem sabeis que MANDAMENTOS VOS TEMOS DADO PELO SENHOR JESUS. Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que VOS ABSTENHAIS DA PROSTITUIÇÃO; Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra; Não na paixão da concupiscência, como os gentios, que não conhecem a Deus. Ninguém oprima ou engane a seu irmão em negócio algum, porque O SENHOR É VINGADOR DE TODAS ESTAS COISAS, COMO TAMBÉM ANTES VO-LO DISSEMOS E TESTIFICAMOS. Porque não nos chamou Deus para a imundícia, mas para a santificação. Portanto, QUEM DESPREZA ISTO NÃO DESPREZA AO HOMEM, MAS SIM A DEUS, que nos deu também o seu Espírito Santo. 
1 Tessalonicenses 4:1-8

[É muito claro que em 1 Tessalonicenses 4, em seu início, o apóstolo Paulo está afirmando com toda autoridade dada por Deus que] A imoralidade sexual é a norma de conduta para não-cristãos. Paulo chama-nos a pensar de forma diferente, para viver de modo diferente, e distinguir-se dos incrédulos, que não conhecem a Deus.
(mais…)

Read Full Post »

A gente zoa, trolla, tira um sarro, mas evitem sentir raiva das pessoas que falam heresias, tentem avaliar se a pessoa é mesmo mal-intencionada, ou se ela apenas está equivocada, se apenas não tem conhecimento bíblico e por isso fala besteira.

Se der para identificar que a pessoa é mesmo mal intencionada, é falsa no cristianismo, nosso papel é evitar pessoas assim e alertar os irmãos contra os falsos profetas, mas tomar cuidado que nós também não sejamos condenáveis em nossas reações. Os apóstolos e profetas, inspirados pelo Espírito comentaram, condenaram, até mesmo xingaram os falsos irmãos, mas tomavam cuidado por eles mesmos, para avaliarem conforme a Palavra de Deus. Devemos condenar essas heresias e desaconselhar sim o envolvimento com os falsos profetas, como a Bíblia diz, mas também orar por esses “inimigos”, como também a Bíblia diz, evitar um sentimento impuro, ou mesmo pecaminoso, por essas pessoas. Deus é justo quando odeia e misericordioso quando ama, nós somos pecadores, não temos esse equilíbrio, por isso é bom evitar as obras da carne e frutificar conforme o fruto do Espírito nesses casos, mesmo odiando as heresias e abominações que tais falsos profetas cometem. Não sabemos os planos de Deus para eles, Deus pode se apiedar e salvar algum deles. Vamos ser vigilantes.

Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens. Romanos 12:18
Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti, que os que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus.
Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.  Gálatas 5:19-23
Se identificarmos que a pessoa é equivocada, não é conhecedora da Bíblia, então nossa atitude pode ser diferente. Podemos acolher o mais fraco, ajudar a entender melhor as coisas de Deus e está aí uma boa oportunidade de ajudar a Igreja a se edificar e levar pessoas a um relacionamento mais profundo com Jesus. Podemos sim tirar um sarro da burrada, condenar a atitude errada, alertar para o erro, mas tomar cuidado que nosso coração não seja condenável.

Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem. Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias. São estas coisas que contaminam o homem. Mateus 15:18-20
Ora, o fim do mandamento é o amor de um coração puro, e de uma boa consciência, e de uma fé não fingida. 1 Timóteo 1:5

Temos que tomar cuidado com as sentenças que damos às pessoas. Sejamos justos, vamos combater a heresia e o pecado, mas com o coração puro e cheio de amor pelos perdidos, para quem cheguem ao conhecimento da Verdade, como a nós também foi revelada pelo Espírito Santo.

Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça. (João 7:24)
Aquele que diz que está na luz, e odeia a seu irmão, até agora está em trevas.
Aquele que ama a seu irmão está na luz, e nele não há escândalo.
Mas aquele que odeia a seu irmão está em trevas, e anda em trevas, e não sabe para onde deva ir; porque as trevas lhe cegaram os olhos.
Filhinhos, escrevo-vos, porque pelo seu nome vos são perdoados os pecados. 
1 João 2:9-12

Ah! Sobre o título.. Não estou entrando na onda do Rick Warren, ok? Foi só para chamar atenção mesmo.. hehehe.

Read Full Post »

É possível ser cristão verdadeiro e ser um grande pecador ao mesmo tempo? Como ser honesto e íntegro consigo mesmo e ainda se considerar um seguidor de Cristo? Dá para continuar no Caminho e andar após tantos tropeços? Para começar a responder essas perguntas é bom lembrar que NINGUÉM, exceto o próprio Cristo, viveu uma vida de perfeita obediência à vontade do Pai. Quem se acha perfeitamente santo se faz arrogante fariseu. Todos os homens estão contaminados pelo pecado. Somos doentes espiritualmente e necessitamos do Jesus Médico, estamos perdidos e precisamos do Jesus o Pastor que orienta para a direção certa. Cristo, e somente Ele, nunca confessou pecados nem pediu perdão ao Pai. Mas nos ensinou a fazer isto, sempre.

Quanto mais nos aproximamos e conhecemos Deus mais nos sentimos pecadores. Quanto mais nos aproximamos de Cristo, neste mundo caído, mais nos sentimos terríveis pecadores. Os cristãos mais santos que existiram se sentiam os mais distante da perfeita santidade de Cristo. Os discípulos que andaram juntos com Cristo por anos, que experimentaram uma extraordinária santificação, normalmente se desentendiam e brigavam entre si.

O que o Inimigo de nossas almas mais quer é que recuemos em perseverar na fé e que nos consideremos indignos ao ponto de não sermos honrados para sermos chamados de cristãos, mas ninguém é digno de ser chamado cristão, isso é graça! O cristão é um miserável verme pecador, só que, com sua imensa dívida paga com o preciso sangue de Cristo. Porém, o pecado nos faz sofrer, pois entristece o Espírito Santo, que por sua vez incomoda a nossa consciência. Essa é a verdade. Temos uma luta interna. Quem diz que não tem esse conflito é um grande mentiroso.

(mais…)

Read Full Post »

Às vezes tenho impressão que certos grupos evangélicos querem demonizar por demonizar a Rede Globo e seus produtos, em especial novelas de sucesso. Não que a Globo seja santa, mas a grande popularidade de sua teledramaturgia e o dinheiro que gira em torno, não são simplesmente resultados de alienação. A novela que fez o Brasil parar é tão artística quanto o cinema e nossos seriados preferidos.

Ora, quem já assistiu todos os filmes de alguns seriados americanos ou não perde nenhuma sequência de uma trilogia, não pode ficar demonizando novelas, pois os mesmos elementos de suspenses, sonoplastia profissional para aumentar a tensão, personagens improváveis, críticas sociais para o bem ou para o mal, segredos e pistas intrigantes, enredos com suspense até o último capítulo estão presentes. Enfim, tramas com inveja, ambição, paixões, senso de justiça e vingança. Além da direção de arte profissional, os produtos bilionários da Globo são oferecidos em horários nobres, havendo recepção do sinal da TV aberta para todo território nacional e transmissão internacional, e também a interatividade da Internet que aumenta a repercussão, seja com comentários, críticas e sátiras. Resultado? Recorde de audiência. (mais…)

Read Full Post »

Às vezes esquecemos o básico e queremos resolver equações mais complicadas

Fazer grandes coisas por meios imperceptíveis, eis a lei de Deus.

Merle D’Albigné

 

Uma nova Reforma acontecerá não com um Martinho Lutero ou um grande líder mundial carismático mas com milhares de cristãos simples com o espírito cooperador de Lutero. Deus deseja verdadeiros colaboradores. Lutero, Calvino, Knox, Edwards, Spurgeon e outros tiveram sua valiosa importância para Deus e para o mundo como grandes líderes cristãos, mas um servo de Cristo não trabalha primordialmente  para se destacar como um grande líder reformador, apenas faz seu trabalho com a motivação correta de glorificar a Deus, como os reformadores fizeram, se Deus em sua graça quiser exaltar um dos seus servos, isso pertence só a Sua soberana vontade. Os grandes reformadores não trabalharam para tornarem-se grandes por si, mas tão somente viveram de acordo com a vontade de Deus, através do sacrifício, da fé, da humildade, da disciplina e motivação correta, daí puderam ser úteis para Deus no mundo, e seus frutos permanecem.

Neste exato momento o Espírito Santo está se movendo sobre todas as nações e levantando um novo exército de pessoas comuns, de simples discípulos, de obreiros normais, de somente servos. Milhares de homens e mulheres, apenas simples seguidores de Cristo levaram, levam e levarão a Palavra de Salvação para pessoas em todos os lugares. Como ouvirão se não há quem pregue?  Aqueles que levam a mensagem da Cruz de modo humilde e anônimo têm o poder de levar a Palavra do Salvador onde ninguém levou. O Senhor quer trabalhadores comuns que façam sua parte sem desejar destacarem-se por isso, mas que tão-somente cumpram sua tarefa, missão e chamado. Deus pode fazer nascer uma comunidade cristã em um dia ou em uma semana ou um mês, o que normalmente levaria um ano aos olhos de incrédulos. Deus levanta pessoas improváveis em lugares improváveis para chamar seus eleitos e reunir sua amada Igreja. O Senhor não despreza os mais desprezíveis e insignificantes servos do seu povo. Ele trabalha com pequenos átomos para revolucionar comunidades inteiras. É preciso clamar a Deus por sua visão, sem a qual não haverá ânimo verdadeiro.

É normal para o mundo pensar em termos de status e títulos, o mundo busca reconhecimento e destaque. E isso tem influenciado muitos cristãos. A busca pelo reconhecimento é uma armadilha sedutora. Ouça: Deus ama o menor e mais simples discípulo, Ele não vê superficialmente, mas vê o coração e visita com alegria os quebrantados. Não há necessidade maior do que ser um simples servo de Cristo para Deus. O Pai deseja um relacionamento de verdade com seus filhos, nada mais. Não coloque seu orgulho, auto-suficiência e tradição entre seu relacionamento real com Deus. Cristo quer servos integralmente, sem hipocrisias e sem reservas. Lembrando que nossa capacidade vem de Deus. — Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus. 2 Coríntios 3:5.

Faça o que poucos fazem: o básico; o fundamental. Quanto mais um servo de Cristo quer ser útil, mais ele descobre como é difícil ser simples. É fácil desviar-se do caminho com muitas luzes ofuscando a visão. Mas ninguém pode impedir você de seguir seu chamado, nem legiões de demônios ou homens. Junte-se ao exército de servos anônimos e morra como um desconhecido indigente para o mundo, se necessário, mas não busque glórias humanas. Busque em primeiro lugar a aprovação dAquele que vê em secreto. Busque servir a Deus em lealdade, com diligência, amor, abnegação e finalidade. Isto é o mais simples e difícil.

Tenha fidelidade ao seu chamado e à verdade. Aceite com humildade e alegria o lugar determinado por Deus, quer este lugar seja de destaque ou não. Sirva sem murmuração, mas com alegria de coração. O Senhor deu dons a indivíduos de carne e osso para que sirvam, para que multipliquem, frutifiquem. Não se torne negligente, mau e infiel. Os campos estão prontos para a colheita, é preciso visão para enxergar e vocação para ouvir e obedecer. — Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. João 15:14.

Que Deus capacite você a usar sua vocação para glória dEle.

“Deus está procurando pavios para queimar. O óleo e o fogo são gratuitos”. (Hudson Taylor, missionário inglês na China).

Raniere Menezes

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: